6 ATIVIDADES PARA FAZER COM AS CRIANÇAS DURANTE A QUARENTENA

Uma das coisas que a quarentena estabelecida para a prevenção da proliferação do COVID-19 provocou, além do distanciamento social e hábitos de higiene mais frequentes, foi a suspensão das aulas das crianças em todo o país. Escolas municipais, estaduais ou particulares optaram por interromper as atividades temporariamente para garantir a proteção dos pequenos e seus familiares. Essa decisão, por vez, trouxe um novo desafio para os pais:  como lidar com as crianças em casa por 24h seguidas e conciliar com as demandas do trabalho que, em muitos casos, também está sendo realizado em casa?

Psicólogos e pedagogos entrevistados por grandes canais de comunicação fazem questão de ressaltar que é importante entender que, nesse período, a criança também não está de férias. Dessa forma, o ideal é manter uma rotina de estudos e atividades para que, quando as coisas voltarem ao normal, os pequenos não estejam com o sono e a alimentação desregulados e precisem passar por um novo período de adaptação, por exemplo.

Cada idade, uma atividade

Após estabelecer essa rotina com hora para acordar, dormir, tomar banho, comer, estudar e brincar, por exemplo, chega a hora de pensar em atividades que ajudem os pequenos a se desenvolver durante esse período. Nesse momento é importante levar em consideração a faixa-etária das crianças, pois em cada uma é desenvolvido um aspecto diferente. De acordo com a psicopedagoga Fernanda Janone, em entrevista para o portal ACidadeON, de Araraquara, crianças de até 10 anos estão no período de desenvolver o raciocínio, a lógica e a coordenação motora, então são importantes atividades que estimulem isso. Já as crianças maiores, entre 11 e 14 anos, podem ser estimuladas com atividades físicas, jogos de raciocínio e exercícios de interpretação de texto, por exemplo.

Se você é pai, mãe ou responsável por uma criança durante a quarentena e não faz ideia de quais atividades pode desenvolver com ela nesse período, fique tranquilo, pois separamos 6 ideias bem legais pra te ajudar. Continue lendo e aproveite!

Menina pintando uma casinha de papelão com o seu pai.

Estimule a criatividade

Crie um kit com vários materiais que estimulem a criação de artes como folhas sulfite, caneta, tinta guache, pincel, cola, barbante, canetinha, papeis coloridos, tecidos, massinha e tudo mais que puder. A partir daí, eles podem desenvolver muitas coisas como pinturas, desenhos, esculturas, por exemplo, estimulando a criatividade e desenvolvendo habilidades motoras também.

Jogo da memória

Decida um tema com as crianças como os objetos que eles mais gostam, cores, letras, animais ou números para os pequenos. Já para os maiores, podem ser temas como monumentos históricos, países, pessoas importantes, entre outros. Tema decidido? Hora de imprimir um par de imagens de cada coisa relacionada ao tema escolhido. Se for um tema simples, você pode aproveitar para desenhar as peças junto com as crianças, por exemplo. Depois disso recorte as peças com o mesmo tamanho e pronto! É só embaralhar as peças de cabeça para baixo e jogar. Aproveite para, além de estimular a memória dos pequenos, estimular a sua também.

Teatro de fantoches

Você pode estimular a habilidade que as crianças tem em contar histórias através de um teatro de fantoches, por exemplo. Para fazer os fantoches é possível usar meias velhas, pregadores, palitos ou até mesmo os brinquedos que já tem em casa, como bonecos e pelúcias. Comece contando a história e depois inverta o papel, deixando que os pequenos continuem o desfecho da narrativa.

Família cozinhando junto.

Cozinhe com as crianças

Dizem que lugar de criança não é na cozinha por causa dos perigos que existem lá como objetos cortantes, inflamáveis, entre outros. Apesar disso, existe um universo de receitas fáceis e deliciosas que podem ser colocadas em prática com os pequenos, desde que haja a supervisão de um adulto. Dessa forma, desfrute esse momento para produzir biscoitos, bolos e muitas outras coisas gostosas e saudáveis, despertando o mestre cuca que pode existir nas crianças, conhecendo novos sabores e passando um tempo a mais com elas.

Stop!

Para as crianças maiores, uma das formas de incentivar a escrita e o raciocínio rápido é jogando o famoso “Stop!”. Decida em conjunto com eles as categorias para a brincadeira como cor, objeto, nome, animal, comida, cidades, entre outras. A partir daí, cada um deve escrever em uma folha as categorias escolhidas. Então, é sorteada uma letra e todos devem preencher a folha, de acordo com as categorias escolhidas, com palavras que comecem com a letra sorteada. O primeiro a acabar grita “Stop!” e então começa a contagem de pontos de quem acertou e preencheu mais categorias.

Quem sou eu?

Uma forma de juntar toda a família e distrair as crianças maiores é brincando de “Quem sou eu?”. Sentados em círculo, cada um escolhe o nome de um personagem de desenho ou filme, artista famoso ou alguém conhecido de todos, escreve em um papel e gruda na testa do participante ao lado. Depois disso, começa a investigação! Cada jogador, quando for sua vez, faz uma pergunta para tentar adivinhar quem ele é, como “eu sou uma mulher?”, por exemplo, e a resposta só pode ser apenas “sim” ou “não”. Ganha quem adivinhar quem é primeiro!

Essas são só algumas formas de distrair as crianças durante esse período de quarentena sem deixar de desenvolver habilidades importantes para o progresso delas. Além disso, entenda que esse é um momento especial para estreitar os laços familiares, por exemplo, que são fundamentais para um crescimento saudável.

Não deixe de realizar essas atividades com os seus pequenos e aproveite para se distrair junto, pois temos certeza que muitas lembranças boas virão dessas ocasiões!

Gostou das nossas sugestões? Esperamos que sim e você que continue acompanhando nosso Blog N&G. Aqui postamos dicas de saúde, bem-estar e estilo de vida para tonar o seu dia a dia mais prazeroso, afinal, juntos somos mais fortes!

DEIXE UM COMENTÁRIO