ATIVIDADE FÍSICA NA QUARENTENA: MOTIVOS E DICAS PARA PRATICAR

Assim que o COVID-19 chegou ao Brasil, uma das primeiras recomendações para evitar a proliferação do vírus foi o distanciamento social. À medida que o número de pessoas infectadas foi aumentando, outras medidas passaram a ser tomadas, como isolamento social, quarentena e até lockdown em algumas cidades – falamos um pouco sobre isso aqui.

O fato é que, mesmo sem quarentena, o Brasil já é considerado um dos países mais sedentários do mundo de acordo com a OMS. Diante do cenário em que estamos vivendo, onde é recomendado sair de casa apenas para atividades essenciais, é natural que essa tendência ao sedentarismo possa se agravar.

Ainda que na última semana algumas cidades tenham começado a liberar o retorno gradual da abertura do comércio, incluindo algumas academias de ginástica, o recomendado é que a gente permaneça em casa. Porém se você, assim como muitas outras pessoas, sentiu os efeitos de ficar mais tempo parado dentro de casa e deseja começar a se movimentar mais, se liga nas dicas que preparamos para você!

Mas por que eu devo me movimentar?

É fato sabido que a prática de atividades físicas é recomendada durante qualquer período do ano, sendo assim, não seria diferente na quarentena, não é mesmo? Dentre os diversos benefícios que os exercícios trazem, é possível destacar três que são bem importantes nesse momento, dá uma olhada:

Aumenta a imunidade

Existem diversos estudos que apontam que a prática regular de exercícios físicos moderados propicia benefícios para o nosso sistema imunológico. Isso porque, ao nos exercitarmos, aumentamos a quantidade de linfócitos em nosso corpo, ou seja, nossas células de defesa. Isso faz com que nosso sistema produza respostas mais rápidas e eficazes à invasores, como vírus e bactérias, por exemplo.

Apesar disso, é necessário ter atenção com os excessos. Com certeza você já ouviu falar que tudo em excesso faz mal e na atividade física não é diferente. Isso porque, praticar exercícios de alta intensidade, caso você não esteja acostumado, pode produzir o efeito inverso, ou seja, pode causar um quadro inflamatório e uma queda na imunidade.

Previne doenças crônicas não transmissíveis

Doenças crônicas são aquelas que tem uma progressão lenta e duram um tempo considerável, podendo até não existir cura em alguns casos. As doenças crônicas não transmissíveis, também conhecidas como DCNT, estão associadas a idade avançada ou ao estilo de vida do paciente, muitas vezes estressante, sedentário e com uma alimentação não saudável. Alguns exemplos dessas doenças são: diabetes, hipertensão, doenças cardíacas, obesidade, entre outras.

A prática de atividade física regular ajuda no controle dessas doenças, pois os exercícios, feitos sob orientação, auxiliam na redução da pressão arterial, da gordura corporal, no aumento da força muscular, da flexibilidade, entre outros fatores que estão diretamente ligados ao desenvolvimento delas.

Contribui para a saúde mental

Quando praticamos atividades físicas liberamos as famosas endorfina e serotonina, também conhecida como o hormônio da felicidade e responsável pelo nosso bom humor e sono regulado, respectivamente, para o nosso cérebro.

Dessa forma, diversos estudos apontam que a prática de exercícios físicos regulares impacta positivamente em distúrbios como depressão, ansiedade, síndrome do pânico, déficit de atenção, entre outros. Para sentir os benefícios disso, basta se exercitar ao menos 30 minutos por dia algumas vezes na semana.

Viu quantos benefícios? Então se liga nas dicas para praticar atividade física!

Se você não tinha o costume de praticar atividades físicas até hoje, o importante é ir aos poucos. Não vá pensando que é só calçar um tênis que você pode virar um superatleta, viu? Comece com exercícios leves, de fácil execução e que utilizem apenas o peso do seu corpo, por exemplo. Outro ponto importante é buscar orientação profissional para iniciar e respeitar suas limitações. É preciso realizar os movimentos de forma correta, então, se você se sentir cansado no meio do exercício e perceber que está falhando nas movimentações, pare e descanse para não se machucar e ter que ir ao hospital – lugar que estamos evitando, não é mesmo?

Se você já tem conhecimentos básicos de alguma modalidade e só deseja manter a rotina, uma boa opção é baixar algum aplicativo de exercícios. Existem diversos apps nas lojas virtuais, com aulas de várias modalidades e intensidades diferentes. De toda forma, inicie por níveis básicos e que você já tenha certa familiaridade para evitar lesões.

Importante lembrar que para que as atividades proporcionem os benefícios que citamos, é necessário combinar elas com uma alimentação saudável e boas noites de sono. Isso porque, se seu corpo não estiver bem nutrido e descansado, as chances de lesões podem ser maiores, e com lesão não há vantagem, né?

Esperamos que você tenha gostado das dicas. Manter-se saudável não é um ato apenas individual, pois ter um estilo de vida saudável estimula outras pessoas a buscarem o bem-estar também. Cuide-se, pois #CuidarÉColetivo.

DEIXE UM COMENTÁRIO