COMO PAGAR SEUS BOLETOS COM CARTÃO DE CRÉDITO?

Você já passou por uma situação onde tinha um boleto com vencimento para um dia, mas só iria ter o dinheiro para quitar essa conta dias depois? É uma situação bem desconcertante, não é mesmo? Ainda mais quando você tem uma outra forma de crédito que poderia ajudar, como um cartão de crédito, por exemplo, e não existe a possibilidade de usar.

Felizmente agora, com a evolução da tecnologia na área de financeira, é possível pagar contas e boletos com cartão de crédito! De uns tempos para cá muitas operadoras de cartão de crédito habilitaram essa opção em seus cartões e diversos aplicativos foram criados para realizar esse processo de forma segura.

Se você ainda não conhece nenhuma forma de fazer isso, vamos te apresentar 3 aplicativos que podem te ajudar. Confira:

PicPay

O PicPay funciona como uma carteira virtual e tem feito bastante sucesso atualmente. Isso porque ele tem sido um dos aplicativos mais utilizados durante a quarentena para a arrecadação de fundos para diversas instituições e iniciativas, por conta do processo fácil de transferência de crédito para a conta.

Além dessa função de carteira virtual e transferência de valores para ela, ele também apresenta a opção de pagar boletos com cartão de crédito, que é o foco da nossa indicação.

É possível fazer isso de duas formas, sendo a primeira pagando a conta ou o boleto diretamente com o cartão. Nessa modalidade é cobrada uma taxa de 2,99%* e cima do valor do boleto, ou seja, se o valor da sua conta é de R$100, no final da transação será cobrado R$102,99, por exemplo.

Já a segunda forma é enviando dinheiro para sua conta através do cartão de crédito para pagar a conta depois. Nessa forma, é possível transferir até R$800 reais para a sua conta usando o cartão de crédito, sem cobrança de taxas, e utilizar esse valor para pagar as contas necessárias.

Recarga Pay

O Recarga Pay foi criado inicialmente com o objetivo de realizar recargas de celulares pré-pagos, mas hoje já apresenta a função de pagamento de contas e boletos também.

Ele é bem parecido com o PicPay, porém a principal diferença se encontra nas taxas de transação apresentadas. Sendo assim, o Recarga Pay permite o pagamento de contas e boletos no valor de até R$500 por mês sem cobrar taxas. Ao exceder esse valor, ele passa a cobrar taxas entre 2,49%* e 2,99%*, igual ao PicPay.

Dessa forma, se o valor da conta ou boleto que você precisa pagar por cartão de crédito for menor que R$500, ele é uma ótima opção.

Mercado Pago

O Mercado Pago é uma empresa do famoso Mercado Livre, aquele site de compra e venda de diversos objetos. No início ele foi criado apenas para realizar as transações do próprio Mercado Livre, porém agora ele também oferece outros serviços, como o pagamento de boletos com cartão de crédito, por exemplo.

Esse aplicativo também funciona como uma carteira digital, assim como o PicPay e o Recarga Pay, e permite pagar até R$500 em contas por mês utilizando o cartão de crédito.

A única coisa que ele deixa a desejar é que, infelizmente, não são todos os boletos que são aceitos por ele. Geralmente os mais comuns como contas de água, luz e telefone são aceitos sem muitos problemas, mas alguns outros tipos de boletos, não. No entanto, o aplicativo disponibiliza uma lista com todas as empresas conveniadas para você poder consultar.

Mas atenção com a organização financeira!

Pagar suas contas com o cartão de crédito pode ser muito vantajoso. Isso porque, além de você ganhar alguns dias a mais, ainda pode acumular milhas para trocar por passagens aéreas, por exemplo. Apesar disso, é importante ter consciência dos custos e entender que o cartão de crédito não funciona como um complemento da sua renda. Na verdade, ele é apenas um aliado para você ganhar alguns dias para se organizar financeiramente.

Diante disso, antes de realizar o pagamento das suas contas ou boletos usando o cartão de crédito, faça um planejamento financeiro e avalie se você terá dinheiro o suficiente para pagar a fatura do cartão depois. Isso porque, de nada adianta quitar um boleto agora e não conseguir pagar o valor completo da fatura. Fazer isso pode gerar multas e encargos e complicar ainda mais sua situação financeira.

Se você ainda tem dúvidas sobre como gerir suas finanças durante a quarentena, fizemos um post que pode te ajudar – leia aqui.

*ATENÇÃO: Nós, da Nunes & Grossi Benefícios, não possuímos qualquer vínculo com as empresas citadas nesse blog. Aqui, nossa intenção é exclusivamente informar nossos clientes, visitantes e parceiros sobre soluções, dicas e novidades. Dessa forma, não temos relação alguma com as taxas de transição que podem ser cobradas por cada um deles.

Sendo assim, aos nossos Clientes N&G, ponderamos que caso entendam que essa é uma solução adequada para pagar a mensalidade do plano de saúde, indicamos que primeiramente consultem as taxas que o aplicativo possa vir a cobrar. Dessa forma, é possível tomar uma decisão mais consciente e preservar sua saúde financeira. Ainda, lembramos que nossos meios de pagamento convencionais permanecem preservados e ativos.

Esperamos que essas dicas possam te ajudar a se organizar financeiramente. Afinal, ter um respiro em meio as contas que não pararam de chegar durante a quarentena é muito importante para a saúde também.

DEIXE UM COMENTÁRIO